É claro que você já ouviu falar dele por aí… Lewis Hamilton, um dos maiores pilotos de todos os tempos, que está fazendo a sua história nas pistas! Nascido em Stevenage, no Reino Unido, dia 7 de janeiro de 1985, o grande piloto Lewis Carl Davidson Hamilton, está redefinindo o livro de recordes da Fórmula 1. 

Aos 35 anos, Hamilton chega à vitória de número 92 em sua carreira. Você acredita que ele está muito perto de conquistar seu sétimo título mundial? O último a conseguir isso foi Michael Schumacher, por isso, o piloto acaba de se tornar o maior vencedor da história da categoria!

Está preparado para conhecer melhor o grande piloto? Porque nós preparamos algo bem legal. Continue conosco! 🙂

A maior conquista de Lewis Hamilton

Hamilton, se tornou o primeiro piloto negro na história da Fórmula 1 em 2007, seu legado já começa por aí. Além de ser um dos pilotos com mais sucesso na história da categoria, é a principal voz nos esforços recentes para acabar com o racismo e tornar o esporte mais diverso.

Willy T. Ribbs, o primeiro homem negro a pilotar um carro da F1, tem sido o convidado de Hamilton no GP dos Estados Unidos nos últimos anos e destacou a importância da liderança do piloto da Mercedes na luta por diversidade na categoria, afirmando que ele ajudou a competição se destacar em relação ao automobilismo norte-americano.

“A Fórmula 1 está anos-luz à frente de qualquer coisa que a América está fazendo, anos-luz, até esse momento.”, disse Ribbs.

“O que está claro para mim é que, embora seja legal ter todas essas vitórias, o mais importante é o que você faz fora do carro. Acho que é assim que o verdadeiro impacto pode ser feito. Em relação a ser lembrado, eu nunca tive essa vontade. Tomara que meus fãs se lembrem de mim como alguém que é um bom ser humano, que realmente se importa com o mundo e que fez o que fez com a melhor das intenções. Não é importante para mim ser lembrado como o melhor.” – Hamilton.

O artista por trás dos capacetes: Raí Caldato!

Você não achava que designs tão maravilhosos seriam criados sem o auxílio de uma mente brilhante, não é mesmo? Pois bem, fizemos o dever de casa e descobrimos TUDO sobre a criação dos capacetes do Lewis Hamilton!

Para nos ajudar, entrevistamos um dos melhores designers que conhecemos, claro, o próprio Raí. 🙂

Como Raí e Lewis se conheceram?

“A gente se conheceu pessoalmente no GP Brasil de 2017. Como eu venci o concurso em janeiro de 2017, o prêmio era ganhar um capacete dele e conhecê-lo em algum GP no calendário. Temos o GP Brasil, ele aceitou me conhecer aqui em Interlagos mesmo. No treino de sábado a assessoria de imprensa cuidou para que a gente pudesse se encontrar, nós conversamos e foi muito legal!”

“Ele foi muito atencioso comigo e com a minha esposa. Eu dei a ele uma réplica em miniatura de um dos capacetes dele, pintado pela Sid Special Paint, e também dei uma réplica da McLaren do Ayrton, nessa réplica fizemos uma miniatura customizada, com a McLaren de 88, onde ele está pilotando e o Ayrton Senna está sentado na entrada de ar do lado, como se tivesse pegando carona com ele. Lewis é uma pessoa do bem, com uma fala muito calma, ele passa uma energia muito boa para quem está ao seu lado.”

Sobre o primeiro capacete

“Em 2017, o Lewis lançou um concurso para que os fãs do mundo inteiro fizesse o novo capacete para ele. O concurso foi todo pelo Instagram, bastava você postar o layout marcar o Lewis Hamilton e a hashtag ‘LH44’. Mandei quatro opções, sendo que 3 ele selecionou para final e acabou escolhendo a versão amarela.

Essa versão trazia uma homenagem ao Ayrton, naquela época Lewis era tricampeão, assim como Senna, e por ser fã do Ayrton eu coloquei elementos gráficos nas laterais com as cores das faixas laterais do Ayrton… Amarelo e azul, com as três estrelas dentro, fazendo a intersecção das três estrelas do Lewis e suas três estrelas no Senna, como se o fã e o ídolo estivessem unidos na busca do tetracampeonato.

Eu achei muito legal ele ter escolhido essa opção, porque eu sou fã do Ayrton foi uma maneira de honrar a memória dele e principalmente, da gente associar o tetracampeonato do Lewis ao tetra do Ayrton, pois Senna nos deixou tentando… Quando faleceu, ele estava lutando pelo tetracampeonato dele… Lewis foi tetracampeão com Ayrton.”

O capacete do GP Brasil de 2019 

“Além de querer homenagear ao Ayrton, como ele sempre faz em todo GP Brasil, o Lewis Hamilton fez questão de homenagear o Brasil neste ano… Coloquei o logo do Senna na lateral do capacete, o Cristo Redentor, que a gente incorporou em todos os capacetes dele, mesmo fora do Brasil agora ele corre de maneira fixa com Cristo Redentor atrás.”

“Então, em 2019 ele fez um pedido explícito: ele queria a bandeira do Brasil no topo, a Bandeira Nacional! Ele disse que não iria homenagear apenas o Senna queria homenagear o Brasil e os brasileiros.”

“Ficou um capacete muito bonito, com a bandeira do Brasil no topo, a traseira se fundindo com o restante do capacete, apresentando as faixas verde, amarela, e azul do Ayrton, o fundo amarelo e o Cristo Redentor. O capacete do GP Brasil de 2019 foi uma bela homenagem.”

O capacete do heptacampeonato 

“Este capacete começou sendo vermelho e branco, depois que estava tudo pronto, passou uns, dois, ou três dias e a equipe do Lewis entrou em contato e me perguntou se haveria a possibilidade de trocar por uma coisa totalmente diferente… Eu perguntei se haveria alguma pista dessa cor ‘nova’, uma cor quente? Cor fria? Eles não faziam ideia, então pediram para fazer testes, e eu logo aceitei o desafio.

Fiz um trabalho de pesquisa, apesar de ser fã do Lewis Hamilton e acompanhar ele muito antes do concurso, eu fui pesquisar… E me lembrei que ele tinha um carro Pagani Zonda na cor roxa, isso já me chamou atenção!

Poxa, é uma cor que eu gosto bastante, também roxo, lilás, tanto que ela é a cor do meu logotipo. Pesquisando mais a coleção de roupas dele, da Tommy, eu percebi muita coisa… Fui chegando nessa linha dos tons de cereja, dos tons de lilás e roxo. Então me toquei também que pegando lado mais místico das cores, o significado das cores, o roxo ele significa nobreza e ascensão espiritual. Como o Lewis provavelmente iria se igualar ao Michael Schumacher, em número de títulos, eu fiz associação que ele atingiria o topo da Fórmula 1.

Enfim, ele atingiu o máximo, o topo do esporte, então essa questão da realeza e nobreza que estavam presentes no roxo apareceu. O mais Interessante é que ele acabou a se engajar na luta contra o racismo na rua, na luta pela diversidade. Mais à frente no ano durante a pandemia.

Eu mandei a cor roxa, e outras cores como laranja, azul com detalhes em vermelho para fazer uma alusão a bandeira do Reino Unido, ele demora um pouco pra responder, mas ele respondeu rápido dessa vez, em questão de duas horas ele bateu o martelo ‘vamos de roxo’. Ele adorou roxo, tanto adorou que, até a gente mandou o pantone da cor roxa a pedido do assessor dele, Marc Haynes, para ser a nova cor institucional dele, em substituição ao vermelho, foi muito bacana.

Na Austrália, o capacete roxo e branco iria ser utilizado para a primeira corrida do ano, mas a corrida nem aconteceu, explodiu a pandemia. A F1 ficou respeitando pandemia, mais ou menos até Julho, foi quando retomou a temporada. Nesse meio tempo ocorreu o assassinato do Jorge Floyd, nos Estados Unidos, por um policial… Lewis se engajou contra a violência aos negros e contra o racismo. Percebendo esse movimento já fiquei com layout pronto na cabeça, trocar o fundo branco por preto… Mais ou menos no dia 5 de Julho, teve uma campanha no Instagram uma terça, #blackouttuesday, eu postei um capacete todo preto, com hashtag na faixa de viseira, mais ou menos três dias depois o Lewis decidiu que queria o capacete preto com roxo.”

Como Raí enxerga o Lewis?

“Eu enxergo Lewis como um grande campeão, grande ser humano, um vencedor dentro, e fora das pistas… um cara que venceu o racismo desde criança, o pai dele tinha 4 empregos para conseguir bancar a carreira dele no kart, para andar de kart super usado, de quinta mão, não era nem de segunda mão. Chegava muitas vezes nas pistas as outras crianças riam dele, do fato de ser pobre, do fato de ser negro, ouviu de muitos ‘vai embora para o seu país, esse país não é para você’, o cara simplesmente canalizou toda essas frustrações. Toda vez que ele ficava triste chorava com as provocações, o pai dele falava ‘responda na pista’.

Lewis acabou chamando a atenção do Ron Dennis da McLaren, que era o chefe do Ayrton, McLaren colocou Lewis na academia de pilotos, bancou a carreira dele graças a Deus. A Fórmula 1 é um esporte de alcance mundial e ele está mostrando que é possível sim, usar uma imagem para fazer o bem para o coletivo, para o mundo. E o planeta está precisando de fraternidade, amor e respeito… É possível ser um gênio do esporte hoje, respeitando as pessoas tendo sensibilidade e sem se esquecer das suas origens, o que é fantástico.”

Os planos do Raí para 2021

“A primeira coisa que eu queria para 2021, é que o mundo voltasse a ter sua liberdade, com saúde! Que a pandemia acabe, que seja descoberta logo uma vacina para que a gente possa estar junto aos amigos da Sid novamente. 

Que possamos voltar às corridas da fórmula 1, possa abraçar quem a gente ama, abraçar os amigos, a família e que a humanidade possa ter aprendido com reflexão de 2020. A pandemia veio, nos separamos em nome do amor, porque às vezes a gente tem que ficar longe de quem a gente ama justamente por amar essa pessoa, esse amigo, esse familiar… Do lado profissional, estar cada vez mais junto com a Sid, trabalhando cada vez mais, sempre grato com muito amor, muito carinho e muita gratidão a família da Sid Special Paint que me acolheu e que graças a ela eu vivo meu sonho! 

Se não fosse a Sid não teria nada disso, é graças a Sid que em breve teremos um site novo da Caldato, com novidades, para fortalecer cada vez mais e mais a nossa parceria, para colorir as pistas do Brasil e do mundo! Vamos continuar realizando sonhos de quem ama o automobilismo, de quem ama o esporte. É isso, fiquem todos com Deus um grande abraço e que 2021 seja um ano iluminado para todos!”

Gostou da entrevista com Raí Caldato? Conte para nós aqui nos comentários! 🙂

SPOILER: O Raí faz parte da família Sid Special Paint! Em breve teremos algumas novidades… Estão preparados, para isso?

One thought on “Os capacetes de Lewis Hamilton: Conheça os designs de Raí Caldato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.