McLaren Senna: Saiba tudo sobre a história de Ayrton Senna com a McLaren

Você sabia que a McLaren criou um carro exclusivo em homenagem ao Senna? Saiba tudo sobre a ligação do piloto com a McLaren!

A história de Ayrton Senna com a McLaren começou no ano de 1983, quando Senna fez o primeiro teste para pilotar o carro da marca. Assim que entrou para a equipe, o brasileiro conquistou 6 voltas em apenas 1 minuto e 14 segundos. 

Ninguém imaginava que anos após o seu primeiro teste, Senna conquistaria três títulos mundiais com um carro McLaren. Após tantos anos de parceria, a marca decidiu criar o McLaren Senna em sua homenagem. 

Preparados para ir mais a fundo nesta emocionante história?

A estréia de Senna pela Mclaren no GP do Brasil

No warm up, já em uma manhã nublada de domingo, Ayrton Senna era novamente o piloto mais rápido das pistas, o que trazia muita confiança para a sua primeira vitória brasileira. O Autódromo de Jacarepaguá no Rio de Janeiro, a plateia que neste dia estava lotada, foi ao delírio quando os carros colocaram-se em formação no grid.

Mas logo que posicionou o seu carro na primeira fila, o piloto percebeu que o câmbio do carro estava com problemas. Então, voltou rápido ao seu posto, trocou de carro e dali voltou para a pista, começando em último lugar. O que Senna não sabia, é que essa manobra era passível de punição, e os próprios comissários não se manifestaram sobre o ocorrido até a trigésima volta.

Em 25 de março de 1984, há exatos 30 anos, Ayrton Senna fazia sua estreia na Fórmula 1. Então campeão da F3 inglesa, Ayrton foi contratado para correr pela Toleman, estreando justamente no Grande Prêmio do Brasil, no Autódromo de Jacarepaguá (Rio de Janeiro). Em poucas voltas diante do público carioca, Senna teve uma atuação discreta e abandonou com problemas de motor.

Na segunda largada, Prost passou Mansell e conseguiu assumir a liderança da prova. Em três voltas, Senna foi do 24º para o 18º lugar, e na volta 13 já era 7°, ultrapassando logo a seguir Boutsen e Alboreto.

Minutos depois, Senna tinha Piquet em sua mira, e quando todos pensavam que iriam lutar pelo quarto lugar, Nelson não ofereceu nenhum tipo de resistência e Senna o ultrapassou, herdando pouco depois o segundo posto, com a desistência de Mansell e o pit stop de Berger.

A luta não parou

Quando buscava alcançar Prost, Senna teve que fazer sua parada e o problema voltou. O brasileiro fez o sinal de problema na refrigeração do lado esquerdo para os mecânicos, que pareciam não saber se teria solução. Seu pit stop demorou 32 segundos e o piloto foi novamente para a pista, mas agora em sexto lugar, atrás de Prost, Berger, Piquet, Alboreto e Boutsen.

As duas primeiras voltas após sair do pit (a trigésima volta), um comissário acionou a bandeira preta com a placa número 12 (numeral do carro de Ayrton), tirando a possibilidade de Senna pontuar pela primeira vez com a McLaren. Apesar das inúmeras tentativas de Ron Dennis em afirmar que a troca de carro no início estava de acordo com o regulamento, os comissários não viram desta forma.

A súmula da corrida decretou que o “carro número 12 não obedeceu o procedimento de largada”, obrigando Senna recolher sua McLaren.

Ayrton Senna parou, mas não sem antes dar esse show na pista. O pódio em Jacarepaguá foi formado por Alain Prost, Gerhard Berger e Nelson Piquet.

Não foi o começo que Senna esperava para a temporada de 1988, mas com certeza o final dela seria como o planejado, com a conquista do primeiro título de campeão mundial de Fórmula 1  naquele mesmo ano.

McLaren Senna

Fabricado pela McLaren Automotive Inglaterra, O McLaren Senna que homenageia o Piloto tricampeão de fórmula 1 Ayrton Senna, é o carro da marca considerado o mais rápido já construído em sua história.

Em 2017, a McLaren divulgou as primeiras informações sobre o McLaren Senna, deixando todos apreensivos com seu lançamento. A primeira vez que o público pode vê-lo, foi em Março de 2018, no Salão Internacional do Automóvel de Genebra, mas o carro foi lançado para compra oficialmente somente no mês Maio daquele mesmo ano, e acredite, foram produzidos apenas 500 carros para serem vendidos no mundo todo, e todas as suas unidades foram todas vendidas ainda em 2017. 

O McLaren Senna, possui o motor V8 turbo de 4 litros, sua potência é de 800 cv, onde o torque ultrapassa os 80 mkgf e o propulsor é central traseiro.

Sua tração é traseira e assim gera até 800 kg de downforce. Para atingir esse número, o carro traz diversos apêndices aerodinâmicos, como a asa e o aerofólio móveis. Há ainda ranhuras laterais para facilitar a passagem do ar em seu interior. 

Aqui no Brasil, existem apenas 6 unidades, que foram vendidas por cerca de 8 milhões de reais. 

O McLaren Senna é, sem sombra de dúvida, o modelo de rua mais radical, ousado e rápido já produzido no mundo!

O carro foi criado para definir um novo padrão entre os esportivos que nascem das pistas e por ter sido completamente inspirado no comportamento diferenciado e competitivo do tricampeão mundial de Fórmula 1, Ayrton Senna.

Ficha técnica do McLaren Senna

  • Motor. 4.0 de oito cilindros, biturbo, a gasolina, em posição traseira e longitudinal
  • Potência máxima. 800 cv a 7.250 rpm
  • Torque máximo. 81,6 kgfm a 5.500 rpm
  • Câmbio. Automatizado de 7 marchas
  • Freios.Discos ventilados de cerâmica nas quatro rodas
  • Aceleração. De 0 a 100 km/h em 2,8 s
  • Velocidade máxima. 340 km/h

Rápido como um raio

O McLaren Senna é, de fato, o carro de rua mais veloz de toda a história da McLaren: atinge velocidade máxima de 340 km/h e acelera de 0 a 200 km/h em apenas 6,8 segundos. O 0 a 100 km/h ocorre em impressionantes 2,8 segundos.

Veja só no vídeo a seguir:

“A McLaren Senna é um carro diferente de qualquer outro; a personificação do DNA automobilístico da McLaren, homologada para uso nas ruas, mas projetada e desenvolvida desde o início para se destacar nos circuitos. Todos os elementos desta são totalmente focados em performance, ajustados para garantir a conexão mais pura possível entre piloto e máquina, e oferecer a experiência de pista definitiva, da forma que só a McLaren é capaz”, diz Mike Flewitt, Chief Executive Officer, McLaren Automotive.

McLaren Senna personalizado pela Sid Special Paint e Caldato Design

Você sabia que a Sid Special Paint assinou uma das McLarens?

Entre os compradores da McLaren Senna, um brasileiro personalizou o carro juntando a nossa arte com a arte de um dos maiores designers brasileiros automobilísticos, Raí Caldato.

Veja só o resultado final dessa grande parceria que marcou história:

Um carro de F1 de rua

Para transmitir em sua pilotagem as mesmas sensações que Senna experimentou com seus carros de corrida, o McLaren Senna traz, ainda, outras características inéditas, como a tecnologia Ignition Cut adotada da Fórmula 1, que provoca um corte momentâneo de centelha durante uma mudança de marchas para proporcionar trocas mais rápidas possíveis.

O conjunto de transmissão é completado por uma caixa de câmbio de sete marchas, com dupla embreagem e transmissão contínua, que fornece a tração do motor para as rodas traseiras.

Além da exclusiva suspensão, o McLaren Senna tem outros elementos aerodinâmicos ativos, incluindo o gigantesco aerofólio traseiro duplo controlado por um sistema hidráulico.

Sua atuação lembra a asa de um carro de Fórmula 1, já que ele se reposiciona constantemente para aumentar o nível de pressão aerodinâmica, além de atuar como freio aerodinâmico em velocidades altas. 

Frenagem impressionante

Os freios utilizam discos de cerâmica de carbono. As pinças dianteiras inspiradas na Fórmula 1 apresentam um design monobloco super-rígido e seis pistões ventilados para reduzir as temperaturas.

O resultado entre a mistura desses componentes de freios feitos para a pista tornam o McLaren Senna um carro super seguro nas frenagens: percorre a distância de apenas 100 m vindo à velocidade de 240 km/h e menos de 30 m na velocidade de 100 km/h. 

E você, já conhecia essa história? O que você faria se pudesse ter uma Mclaren Senna em sua garagem? Conte para nós aqui nos comentários 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *