A competição realizada em Donington Park, na Inglaterra no dia 11 de abril de 1993, foi simplesmente épica! 

Em apenas uma volta, Rubens Barrichello saltou da 12ª posição para um surpreendente 4ª lugar na pista.

Rubens era um novato e estava participando da sua terceira corrida da Fórmula 1. Estar em Donington Park era, no mínimo, uma grande conquista.

O piloto foi notado naquele dia quando terminou em quarta posição, quando Rubens também estava ao lado de pilotos experientes.  

Quando Barrichello apareceu na primeira volta, ele derrotou Michael Schumacher, da Benetton Ford. Coincidentemente, o alemão foi um dos pilotos que foi ultrapassado por Senna no início da corrida de Donington, os outros foram Karl Wendlinger, da Sauber, Damon Hill e Alain Prost.

No entanto, antes de ultrapassar Schumacher, Rubens teve um desempenho verdadeiramente magnífico na primeira volta de Donington Park. 

Em um empate pelo 12º lugar, ele conquistou uma vaga antes do J.J. Lehto da Sauber, encontrou um problema e saiu do box. Na pista, o brasileiro venceu Johnny Herbert, da Lotus-Ford, e Riccardo Patrese, da Benetton, antes da primeira curva, e começou a se destacar. 

O próximo passo de Barrichello era se livrar do Gerhard Berger da Ferrari. Enquanto Senna ignorou Wendlinger e terminou em terceiro, o piloto Jordan foi o oitavo. Jean Alesi também estava na mira de Rubens, mas os franceses foram superados pelos brasileiros sem maiores problemas.

Ayrton Senna roubou a cena de Rubens Barrichello?

Quando Barrichello ficou em sétimo lugar, Ayrton Senna ultrapassou Hill e ficou em segundo lugar. Mas Ayrton não sofreu o impacto que Rubens sofreu a meio da primeira volta. 

Wendlinger e Michael Andretti da equipe McLaren estavam na frente dele, lutando muito, e finalmente entraram no cascalho. O piloto da Jordan não ficou ferido no incidente. 

O quinto lugar caiu em seu colo, em seguida, Schumacher errou e aproximou o brasileiro: Barrichello foi para o quarto lugar. Por sua vez, Senna ainda era o segundo, superando Prost.

No início da segunda volta, Senna passou para a frente, seguido por Prost, Hill e Barrichello. Em um discurso impressionante na chuva, Rubens pressionou o piloto da Williams. 

Depois que o piloto da Jordan terminou em segundo, ele garantiu um incrível terceiro lugar antes de Prost. Mas depois de cinco voltas, a bomba de combustível do carro de Rubens quebrou, forçando Barrichello a desistir da corrida, e ele acabou perdendo o pódio.

Mas tudo bem, segundo Rubens Barrichello, ele tinha a melhor posição para olhar para o seu herói: Ayrton Senna da Silva! 

Mesmo assim, vale muito comemorar o desempenho de Barrichello, tanto que sua primeira volta em Donington Park foi uma das mais marcantes da categoria! 

Bora relembrar, em cores, a grande primeira volta do nosso Rubinho? 

Gostou de relembrar a incrível volta de Rubens Barrichello em Donington Park? Conta para a gente! 🤩

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.